acervo

Geraldo Mota Baptista

Geraldo Mota Baptista

em: localização    ano    disco    artista    música    gênero
Ordenar por: localização    ano    disco    artista    música

Descrição

A História do rádio no Brasil, sacralizada e oficializada por meio de estudos da técnica radiofônica, da comunicação de massa, biografias e intervenções estatais nas emissões, produziu como resultados, a exposição de trajetórias artísticas, fãs-clubes e projetos de controle sociais, provenientes do eixo Rio/São Paulo.

A memória radiofônica, por sua vez, nesse contexto, foi impregnada de valores e linguagens de cunhos nacionalizantes por meios educacionais, em que a suposta ausência de uma cultura nacional justificasse "ações corretivas", atos de censura, perseguições às músicas populares e outras iniciativas classificatórias em torno de tradições culturais populares.

Esta pesquisa se propõe a analisar estas tensões entre as dimensões locais e nacionais da radiodifusão, destacando a programação da Rádio Difusora de Uberlândia, desde a sua fundação, em 1939, até a consolidação da radiofonia, na década de 1960, envolvendo linguagens e comportamentos de artistas populares e ouvintes.

Nesta trajetória, investigaremos a apropriação dos novos recursos técnicos de gravação e reprodução da voz, a ocupação de praças e auditórios pelos programas radiofônicos, as atividades de prestação de serviços, promoções e assistência social da estação, bem como pressões e incorporações por parte das classes populares na programação e nos anúncios gravados.

Estas diferentes mediações serão analisadas em diálogo com a imprensa escrita, depoimentos orais de ex-locutores e músicos e o significativo acervo discográfico doado à Universidade Federal de Uberlândia, formado por cerca de 10.000 discos em 78 rpm, datados entre 1930-1970, os quais revelam uma intensa produção e difusão de programas de auditórios e musicais desde o final da década de 1930, com a participação ativa das classes populares, seja por meio da formação de fãs-clubes, da revelação e projeção de cantores e locutores populares, sintonizados com hábitos e linguagens rurais, pelas festas e carnavais de rua patrocinados pelas estações e pelas exibições musicais em praças, transmitidas pelos microfones.


Geraldo Mota Baptista
desenvolvido por URUCUM © 2019